Noticias

Setor do petróleo deve investir R$ 2 bilhões no segmento de abastecimento até 2024 no RJ

O Anuário do Petróleo no Rio 2020, estudo da Firjan, aponta 200 novos poços em áreas licitadas a partir de 2017 em águas fluminenses; investimentos de cerca de R$ 2 bilhões no segmento de abastecimento até 2024; e arrecadação de R$ 300 milhões em ICMS por cada sistema que entrar em produção a partir da internalização do Repetro Industrialização. O documento foi lançado no dia 22 de setembro.

 

Durante o lançamento do Anuário, o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, reafirmou a resiliência do mercado de petróleo no país e no mundo, devido aos preços baixos por conta da pandemia. Ele destacou as oportunidades que essa indústria traz para o Rio de Janeiro a partir das grandes reservas de óleo em águas fluminenses, assim como a revitalização dos campos maduros na bacia de Campos, permitindo a entrada de novos operadores.

 

De acordo como anuário, cresceu a produção de óleo no Rio de janeiro, alcançando a marca de 81% da produção nacional em julho de 2020. Além disso, em 2019 o estado atingiu o índice de 45% dos empregos na cadeia fornecedora de petróleo; e entre 2019-2020 o parque de refino fluminense ficou em 70%.

 *Ipesi Digital