Noticias

Obras-primas da manufatura

(*) Alfredo Ferrari (11/11/2018) - A indstria de manufatura no setor metalomecnico vem vivenciando uma nova revoluo industrial nos ltimos 40 anos. Uma revoluo tecnolgica. Novos produtos vm sendo introduzidos no mercado de forma intensa, com maior qualidade, visual mais atrativo, timo desempenho e muitas vezes produzidos de forma customizada, ou seja, atendendo o desejo de poucos ou at de um nico consumidor. Esta evoluo se deu graas clere informatizao da manufatura, atravs dos controles digitais aplicados s mquinas, equipamentos e sistemas de desenvolvimento de produto e de controle da produo. a era da Manufatura Avanada dentro dos conceitos da Indstria 4.0. Na realidade, os produtos de alta tecnologia produzidos atualmente so verdadeiras obras-primas a ponto de causar enorme desejo aos seus consumidores. Automveis, avies, satlites, equipamentos para a medicina, prteses ortopdicas, telefonia mvel, eletrodomsticos, entre tantos outros produtos, atingiram um elevado nvel de preciso, desempenho, conforto e admirao. Na poca do Renascimento, nos sculos XV e XVI, ocorreu a revoluo das artes e da arquitetura, onde artistas, como pintores, escultores e arquitetos produziram as suas obras-primas, fruto de suas criatividades e genialidades, com a habilidade de suas mos. Passados sculos, vemos hoje produtos maravilhosos sendo projetados por sistemas computacionais avanados e produzidos por mquinas-ferramenta digitais inteligentes, programadas e controladas atravs de softwares dedicados, trabalhos estes desenvolvidos e manejados inteligentemente pelos atuais artistas, os engenheiros e tcnicos da Manufatura Avanada. o Renascimento no sculo XXI, uma revoluo na indstria, nas cincias e na tecnologia. A evoluo da mquina-ferramenta foi decisiva para que a produo de peas se tornasse cada vez mais eficiente, produtiva e flexvel. Com novos materiais, componentes e conceitos construtivos, que somados s modernas ferramentas de corte de alto rendimento e evoluo da eletrnica e dos controles digitais, as mquinas-ferramenta passaram a ser eficientes centros de operaes, com a finalidade de produzir peas das mais diversas geometrias por completo numa nica fixao, desde as mais simples at as de elevada complexidade, eliminando assim operaes posteriores. Como resultado, mais produtividade, menores custos de fabricao e maior qualidade. Centros de torneamento que fresam, fresadoras que torneiam, centros de usinagem de cinco eixos, retificadoras multioperacionais, impressoras 3D para a manufatura aditiva e prensas que cortam sem rebarba, so exemplos desta revoluo tecnolgica. Hoje, a diversidade de oferta de mquinas-ferramenta digitais, com base nos seus conceitos construtivos e nas suas capacidades operacionais, enorme, sendo que a definio da aplicao ideal de equipamentos para atender a uma determinada necessidade de produo fica muito facilitada. Dependendo dos trabalhos a serem realizados, as modernas mquinas-ferramenta podem ser aplicadas tanto de forma autnoma, como integradas em clulas de manufatura, intercomunicando-se com outros equipamentos, como sistemas de carga e descarga de peas, equipamentos de controle de qualidade, mquinas de gravao, mecanismos para montagem, entre outros conjuntos necessrios para a produo seriada e flexvel de bens durveis. A evoluo tecnolgica inexorvel e a sua aplicao a garantia do progresso industrial e da produo de obras-primas da engenharia de manufatura, como as trs peas apresentadas. (*) Alfredo Ferrari engenheiro mecnico, vice-presidente da Cmara Setorial de Mquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura. Este artigo foi elaborado originalmente para a revista O Mundo da Usinagem, edio n 120.