Noticias

Rinorea: prepare-se para uma revolução na mineração

Cientista filipino descobre planta que absorve altíssimas quantidades de níquel sem se envenenar ou morrer. Trata-se da Rinorea Niccolifera, um nome que nós ainda ouviremos falar muitas vezes. 
O professor Edwino Fernando informa algo, que no meu ver, poderá mudar drasticamente a mineração mundial: a rinorea pode ter concentrações de níquel, em suas folhas, de até 18.000ppm. Esse nível de concentração é extraordinariamente elevado: 1,8% de Ni é um teor superior a muito minério econômico sendo explorado pelos mineradores.

Cuidado Vale, cuidado Norilsk, vem aí a rinorea!!

A princípio o professor Fernando está pensando em usar essas plantas para despoluírem ambientes: a fitoremediação. 
Na minha visão, de um geólogo de exploração, uma planta com essas propriedades poderá substituir, com imensas vantagens, muitas minas de minérios metálicos. 
Neste futuro talvez não tão fictício o “minerador” (ou será “agricultor?) irá desenvolver imensas plantações de rinorea sobre um substrato a base de rochas ultramáficas, que já tem concentrações naturais médias de níquel muito elevadas, > 0,5% Ni. Em pouco tempo ele estará colhendo uma safra de milhares de toneladas de folhas com teores de 1,5% de níquel... Ou seja, a rinorea irá permitir a extração do níquel destes solos a custos baixíssimos, quando comparados à mineração tradicional. 
A rinorea não extrai exclusivamente o níquel e poderá ser usada para a extração, também, de outros metais pesados: uma verdadeira revolução se aproxima. 

Prepare-se!


Publicado em: 14/5/2014 03:18:00