Noticias

Petrobras faz licitação bilionária de plataformas do pré-sal

RIO - A terça-feira será um dia importante para as empresas nacionais e estrangeiras fabricantes de equipamentos para a indústria do petróleo. A Petrobras vai receber as propostas das companhias que estão participando de uma grande licitação para construção, montagem e integração dos módulos que serão instalados nas oito primeiras plataformas de produção de petróleo dos campos do pré-sal na Bacia de Santos.

O valor da encomenda é uma incógnita, mas o mercado estima que essa licitação poderá representar investimentos entre US$ 3 bilhões a US$ 4 bilhões. Os módulos são todas as instalações e equipamentos de produção que ficam em cima da plataforma. Nesse caso, as plataformas são cascos de navios que estão em construção em Rio Grande, no dique seco da Ecovix, braço da Engevix Engenharia para construção naval.

Essas primeiras oito plataformas serão instaladas no campos de Lula, Cernambi, Guará e Carioca, entre outros, situados nos blocos BM-S-9 e BM-S-11, na Bacia de Santos, nos quais a Petrobras é operadora e tem como sócios BG Group, Repsol Sinopec e Galp. A entrega das propostas técnicas e comerciais será em reunião individual por empresas, em horários pré-estabelecidos com cada participante. A companhia informou que espera assinar os contratos de encomendas dos módulos das oito plataformas ainda no primeiro semestre deste ano.

Cada plataforma terá capacidade para produzir 150 mil barris de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás por dia. Quando estiverem em plena operação, em meados desta década, essas plataformas deverão estar produzindo cerca de 900 mil barris por dia de petróleo no pré-sal em Santos.

Por Ramona Ordoñez (ramona@oglobo.com.br) | Agência O Globo – seg, 6 de fev de 2012